24/01/2018 16:16:11 - Atualizado  em 24/01/2018 16:22:15

A+ A-

Melancia: após recorde em 2016/17, exportações seguem firmes

  Reprodução

Maior demanda da UE colaborou para o aumento dos envios

Na temporada 2016/17 (agosto a março), o Brasil exportou volume recorde de 70,7 mil toneladas de melancia, aumento de 25% em relação a 2015/16, segundo a Secex. O aumento dos envios foi resultado da maior demanda da União Europeia, dos ganhos em produtividade e do mercado interno desfavorável.

A safra 2017/18, por sua vez, foi iniciada em agosto do ano passado e os envios têm, novamente, apresentado bom ritmo. Na parcial da temporada (agosto a dezembro/17), foram enviadas 58,6 mil toneladas, segundo a Secex, aumento de 3,5% em relação ao mesmo período de 2016/17.

Apesar do elevado volume enviado nesta parcial, há temores quanto à produtividade das lavouras, que pode impactar no desempenho das exportações nos próximos meses. O principal motivo é a crise hídrica, que está resultando em elevada salinidade da água e menor calibre das melancias. A temporada deve ser encerrada em março/abril, sendo esperados bons resultados.


Fonte HF Brasil