07/06/2017 15:23:17 - Postado  em 07/06/2017 15:28:11

A+ A-

Cerca de 220 pescadores beneficiados com abertura do Canal da Barra do Furado

  Divulgação

Só no primeiro dia, cada barco trouxe de R$ 1,8 mil a R$2 mil de camarão e vários tipos de peixes

Com o fim do defeso de água salgada e a abertura do canal da Barra do Furado para passagem dos barcos, cerca de 150 pescadores do Farol de São Thomé já retomaram aos trabalhos e, estão voltando do mar com grande quantidade de camarões e diferentes espécies de peixes. Esse é o resultado do trabalho conjunto, realizado entre as prefeituras de Campos e Quissamã e o Governo do Estado, através da Secretaria Estadual do Ambiente. Cerca de 220 pescadores, dos dois municípios, puderam entrar no mar para garantir o sustento da família e contribuir para a geração de trabalho e renda. 

Segundo o superintendente de Agricultura e Pecuária, Nildo Cardoso, as máquinas ficarão no local por mais 30 dias para garantir que a barra do canal, localizada entre os dois municípios, continue aberta permitindo a passagem dos barcos. 

"As duas máquinas da Prefeitura de Quissamã e a dragline, cedida pelo estado a pedido da Prefeitura de Campos, estão em atividade no local. Serão mais 30 dias de trabalho para evitar que a barra feche novamente impedindo a passagem dos barcos para o alto mar", informa o superintendente.

Cerca de 150 barcos do Farol de São Thomé entram no mar, desde a quinta-feira (1º), e o resultado superou as expectativas. 

"Só no primeiro dia, cada barco trouxe de R$ 1,8 mil a R$2 mil de camarão e vários tipos de peixes, o que é considerado um dia de pesca bom e toda produção foi comercializada. Se a barra estivesse fechada, teríamos perdido essa produção porque ia para Macaé. Agora, o trabalho das máquinas tem que continuar senão a barra fecha de novo e não podemos trabalhar", disse Sandro Ferreira, que há 20 anos trabalha como pescador.


Fonte Supcom