12/08/2017 16:27:14 - Atualizado  em 12/08/2017 16:31:24

A+ A-

Começaram as competições das Olimpíadas Especiais Brasil

  Divbulgação/Supcom

Sete equipes participaram das competições neste sábado, entre feminino e masculino

Oito equipes de fustsal feminino e masculino participaram na manhã deste sábado (12/08) da abertura da 1ª Liga de Futsal Norte e Noroeste Fluminense das Olimpíadas Especiais Brasil. Os jogos foram realizados na Vila Olímpica Lulu Beda, no Jardim Carioca, reunindo cerca de 80 atletas do Projeto Paraesporte, da Fundação Municipal de Esportes de Campos dos Goytacazes e das Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Armação de Búzios e Itaperuna. 
 
De acordo com o coordenador e representante das Olimpíadas Especiais Brasil, (OEB) Tiago Siqueira, o resultado dos jogos permitiu a equipe organizadora a fazer a divisão das chaves para os próximos jogos. A próxima rodada acontecerá no dia 2 de setembro, em Búzios e no dia 14 de outubro, em Itaperuna. A final está marcada para 14 de novembro, em Campos. 

Sete equipes participaram das competições neste sábado, entre feminino e masculino. Os campeões na Liga de Futsal estarão pré-selecionados para a delegação que vai disputar o Campeonato Estadual das Olimpíadas Especiais, em novembro.
 
Os atletas vêm contando com um incentivo muito positivo na arquibancada. Marise de Oliveira Santos, mãe do atleta Marcelo Santos, 18 anos, que estuda na APAE de Campos e integra a equipe do Paraesporte, disse que o comportamento do filho mudou bastante. “Hoje ele está mais comprometido e motivado para frequentar as aulas na APAE. Tanto que hoje, meu filho estava ansioso para participar do jogo. Para mim, o resultado do placar não importa o convívio com os colegas é positivo para o desenvolvimento dele”, comentou a mãe, enquanto fotografava o filho.
 
Rita de Cássia Gomes também estava presente e registrando a participação do sobrinho Felipe Wesley, 18 anos que estava em quadra jogando. “ Minha irmã estava de plantão e não pode estar presente, mas acompanhou os melhores momentos no vídeo que estou fazendo e mandando para ela. Esse apoio é muito importante para eles. E o esporte também vem ajudando muito na relação famílias”, destacou, orgulhosa.
 
O presidente da Fundação Municipal de Esportes (FME) e também um dos Embaixadores das Olimpíadas Especiais do Brasil, Raphael Thuin, destacou a importância de ajudar a promover esse evento para os atletas. 

“ Temos consciência da importância e dos benefícios que o esporte faz na vida das pessoas e para seus familiares” destacou Thuin.
 


Fonte Supcom

Vista por: 219