09/12/2017 12:41:29 - Atualizado  em 09/12/2017 12:45:58

A+ A-

Paraesporte conquista 5° lugar na Copa Brasil de Futsal Down

  Divulgação

Time da FME venceu por 6 a 5 o time do Corinthians, em Ribeirão Preto, São Paulo

O esporte de Campos está rompendo barreiras, em especial com as equipes do Projeto Paraesporte, voltado para pessoas com deficiência. O time de futsal down que representa o Estado do Rio de Janeiro, na Copa do Brasil de Futsal Down, que neste ano foi realizada em Ribeirão Preto, em São Paulo, conquistou o 5º lugar na competição ao derrotar, na última sexta-feira (08/12), por 6 a 5 o time do Corinthians. Durante a competição, foram duas vitórias e duas derrotas. A Copa reuniu atletas do Rio de Janeiro, São Paulo, Alagoas, Mato Grosso do Sul  e Paraná.

De acordo com o coordenador do Projeto Paraesporte, Fábio Coboski,  a equipe de Campos é muito nova e a experiência  está sendo muito positiva para os atletas. Alguns estão viajando, pela primeira vez, sozinhos sem familiares. 

"Começamos bem,  ganhamos da equipe do Mato Grosso, por 4 a 1, depois perdemos por um gol de diferença para a equipe Egydio Pedresch, donos da casa, que contou ainda com a torcida que lotou o ginásio Cava do Bosque. Mas o time do Paraesporte  é uma equipe que tem um grande potencial. No próximo ano, faremos muito melhor", destacou Coboski.

Ana Lucia Gomes, mãe do jogador Paulo Vitor, de 16 anos, disse que só de poder participar da Copa Brasil já é uma grande vitória. “Meu filho nunca ficou longe da família por mais de 2 dias e hoje completando cinco dias, o que representa para nós uma vitória. Significa autonomia, confiança e crescimento. Essa convivência com outros colegas e com a equipe do Paraesporte, tem tido muito positiva para Paulo Vitor. Esperamos que em 2018 seja muito mais produtivo,” destacou a mãe.

Segundo o presidente da Fundação Municipal de Esportes, Raphael Thuin, o trabalho iniciado este ano com o apoio do prefeito Rafael Diniz, ajuda a superar barreiras. “Eles estão tendo a oportunidade de participar de competições, que permitem aos atletas adquirir autoconfiança e superar obstáculos. Temos consciência que existe muito a fazer, mas é um trabalho sério e que exige paciência de toda a equipe de profissionais, que vem desenvolvendo um belo trabalho. Espero, avançar a cada ano e poder contribuir para  melho

Reportagem: Redação/Supcom


Fonte

Vista por: 1733