18/04/2017 16:02:21 - Atualizado  em 18/04/2017 16:24:14

A+ A-

Museu Histórico prorroga período de exposição sobre índio Goitacá

  Divulgação

A exposição foi aberta em celebração aos 182 anos da cidade de Campos, em 28 de março

O grande número de visitas à exposição “Achados Arqueológicos do Sítio do Caju” levou o Museu Histórico de Campos a prolongar o período de permanência da mostra até o dia 10 de maio. A exposição terminaria no final de abril, mas tem recebido cerca de 150 visitantes por dia, superando expectativas. Escolas podem agendar visitação pelo telefone (22) 981750616. O Museu funciona de 10h às 17h e a entrada é gratuita, mas para esta quarta-feira (19/04), o horário será diferenciado, das 10h às 20h. 

"A exposição está sendo um sucesso. Recebemos uma média de 150 visitantes por dia. A procura de escolas tem sido tão grande, que decidimos prolongar a exposição e ainda assim, o mês de maio já está cheio de agendamentos. A grande procura das escolas nos mostrou que tanto a rede pública quanto a privada estão preocupados em passar para os alunos noções de identidade e de pertencimento, além da tão importante conscientização patrimonial", relata Graziela.

Dia do Índio — Em 19 de abril, dia do Índio, o Museu estará aberto em horário diferenciado, das 10h às 20h. Com a intenção de levar ainda mais conhecimento sobre os índios Goitacá, os estudantes poderão brincar com o jogo de tabuleiro “desmistificando o Índio Goitacá”. A brincadeira de perguntas e respostas será totalmente temática. 

"A ideia é que as crianças conheçam um pouco mais sobre os índios que deram nome a esta cidade e foram seus primeiros habitantes. Poucos sabem como eles viviam em comunidade, como era a vivência desses índios aqui na região", comenta Graziela.

A exposição foi aberta em celebração aos 182 anos da cidade de Campos, em 28 de março. Apesar da previsão de encerrar a mostra em abril, o grande número de visitantes fez com que o Museu prorrogasse o período de permanência até 10 de maio. 


Fonte Supcom