20/03/2017 12:37:29 - Atualizado em 20/03/2017 12:41:55


A+ A-

Era FELIZ e não sabia.

                    Era FELIZ e não sabia. O indicado é SOU FELUZ O TEMPO TODO.

    Inicia hoje dia 20 de março de 2017; um novo período de influência dos planetas nos próximos 36 anos SATURNO será o grande astro de influência.

Durante o período passado o sol foi regente da vida e das influências recebidas pelas pessoas e sociedade. Os estudiosos da área podem descrever detalhadamente esta questão.

Quando estávamos sob a regência do sol as características primordiais eram:  investimento excessivo na imagem, egocêntricos, voltados para os próprios interesses, mas carentes de valores emocionais verdadeiros. Sem um sentido mais profundo de “si mesmo”; uma sociedade que sacrifica o meio ambiente em prol do poder com isenção de sensibilidade humana, superficialidade. Temos a felicidade como obrigação e não como resultado.

Chega o momento de o Universo “colocar ordem na casa” e obrigar-nos a olhar mais profundamente para  nós mesmos. Momento de fazer algo sobre essa insatisfação, incapacidade de doar-se verdadeiramente e/ou  dificuldade de construir relacionamentos mais profundos e significativos.

 O sucesso durante um bom tempo foi mais importante que o respeito a si mesmo e à dignidade. Saturno neste novo tempo vem nos convidar a fazer diferente. Devemos todos resignificar valores antigos e não ressuscitá-los, isso comprova o processo evolutivo da humanidade que caminha para a frente. Uma séria ressignificação de valores, inexistentes nas últimas décadas, será necessária. Mas nunca a retomada dos antigos, pois não fariam mais sentido, depois de tantas conquistas.

Saturno não é só disciplina, mas também expansão da consciência. Ele simboliza um processo psíquico mais profundo, que brota com algum tipo de experiência, interior e/ou exterior. Saturno não simboliza apenas os limites, a dor, as exigências, a disciplina, os obstáculos, mas como processo psíquico, está atrelado à ampliação ou expansão da consciência de todos nós como indivíduos e como humanidade.

Infelizmente a grande massa precisa de momentos de dor para ter um grande referencial de como desejar o que já viveu, rever experiências já vividas e pessoas já conhecidas. Por isso se  precisa da dor. Já que muitos não valorizam quando tem e só reconhece quando perde. A conhecida história, eu era feliz e não sabia.

A partir da dor, a expansão e o crescimento acontecem.

Contudo podemos fazer diferente, reconhecer as bênçãos agora e agradecer diariamente.

O movimento de gratidão trás um cenário completamente diferente com a presença dela.