03/01/2018 14:28:40 - Atualizado  em 03/01/2018 14:42:17

A+ A-

Solturas de tartarugas marinhas nesta sexta-feira, em SJB

  Divulgação

Primeira ação aberta a moradores e veranistas acontece nesta sexta-feira, no balneário de Atafona

O Porto do Açu, em parceria com o Projeto Tamar e a prefeitura de São João da Barra, promoverá cinco solturas de tartarugas marinhas abertas ao público, a partir da próxima sexta-feira (05/01). A ação será realizada uma vez por semana, alternadamente às sextas-feiras, às 16h, ou aos sábados, às 17h. A atividade acontecerá em diferentes pontos da orla, para atingir toda a comunidade, como parte da agenda de verão do município.

A primeira soltura será realizada em frente ao balneário de Atafona, começando com uma palestra de conscientização ambiental, no Espaço da Ciência. A segunda acontecerá na Praia de Grussaí, em frente ao Pólo Gastronômico. As demais estão programadas para a Praia do Açu; para a passarela do Posto 1 (próximo à Lagoa de Grussaí); e para o balneário de Atafona, quando será feito o encerramento das atividades junto ao público.

O objetivo da iniciativa é conscientizar moradores e turistas sobre a importância da preservação, através da educação ambiental. Segundo o coordenador de Meio Ambiente do Porto do Açu, Daniel Nascimento, a ação ainda possibilita que sua equipe apresente à comunidade o Programa de Monitoramento de Tartarugas Marinhas, realizado pela empresa desde 2008. “Nós temos muito orgulho do programa que desenvolvemos para monitorar as tartarugas marinhas, ao longo do litoral norte fluminense. Entendemos que é nossa missão dividir conhecimento e informação com a comunidade. Compreender a dinâmica do animal e contribuir para a sua conservação é responsabilidade de cada um de nós”, afirmou Daniel.

No programa, monitores percorrem diariamente 62 km de praia, registrando qualquer ocorrência relativa às tartarugas. O monitoramento abrange desde o Pontal de Atafona, em São João da Barra, até Barra do Furado, em Campos dos Goytacazes. Durante o período reprodutivo, que vai de setembro a março, a equipe ainda tem a missão de localizar os ninhos de tartarugas, identificá-los e acompanhá-los até o nascimento dos filhotes.

Desde o início desta última temporada reprodutiva, o programa registrou o nascimento de cerca de 6.500 filhotes. Na temporada passada, o número total de filhotes chegou a 87 mil.

O Programa de Monitoramento de Tartarugas Marinhas atende a diretrizes técnicas do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) – Tamar e do Instituto Estadual do Ambiente (INEA).

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO:

05/01 (sexta) – 16h

Espaço da Ciência

Palestra + Soltura

13/01 (sábado) – 17h

Grussaí (em frente ao Pólo Gastronômico)

Soltura

19/01 (sexta) – 16h

Escola Municipal Chrisanto (Praia do Açu)

Palestra + Soltura

27/01 (sábado) – 17h

Grussaí (passarela do Posto 1, perto da Lagoa)

Soltura

02/02 (sexta) – 16h

Espaço da Ciência

Palestra + Soltura

 


Fonte Ascom