16/02/2017 08:49:44 - Postado  em 16/02/2017 13:35:30

A+ A-

Laboratórios da Uenf alvo de arrombamento, em Guarus

  Divulgação

Vândalos destruíram portas e janelas dos laboratórios

Salas dos departamento de zootecnia da Universidade Estadual do Norte Fluminense( UENF), que funcionam no antigo colégio agrícola, no bairro Parque Aledia, no subdistrito de Guarus foram arrombadas na madrugada desta quinta-feira (16/02). A ação foi descoberta quando alunos e professores chegaram ao local.

Segundo o professor Manuel Vasquez, essa não é a primeira fez que o departamento é arrombado e sofre com a ação de vândalos que destruíram pelo menos oito portas e janelas. “ Desde que perdemos a segurança no local já foram furtados ventiladores , ferramentas, balanças e equipamentos como mangueiras e botas também foram destruídas”, explicou o professor que acrescentou que estão destruindo um patrimônio público que foi erguido as custas de muito trabalho por parte da comunidade da UENF. 

Os prejuízos ainda estão sendo contabilizados. Um estudante que dormia na instituição foi colocado em uma sala amarrado. O arrombamento foi registrado na 134ª Delegacia Legal de Guarus para investigação.

NOTA DA INSTITUIÇÃO

Sem contar com serviço de segurança desde novembro de 2016, a área utilizada pela UENF no Colégio Agrícola Antônio Sarlo foi vítima de vandalismo e diversos roubos na última noite. Ainda não foi possível avaliar a extensão total dos prejuízos, que foram muitos. Além dos danos materiais, um aluno que estava no local foi amarrado pelos ladrões.

A empresa que fazia o serviço de segurança da UENF suspendeu os trabalhos em novembro de 2016 devido à falta de pagamento pelo Governo do Estado. Apesar de a UENF ter cobertura orçamentária, o efetivo pagamento compete à Secretaria de Fazenda, que desde outubro de 2015, não realiza os pagamentos. O local também deveria contar com apoio do PROEIS, que também não está funcionando por falta de pagamentos aos policiais. No final do ano passado, foi feita uma tentativa de contratação emergencial de uma empresa de vigilância, mas não houve interessados em prestar esse serviço.

O Prefeito da UENF, Rogério Castro, informou que acionou a Polícia assim que soube da ação dos ladrões. Segundo ele, tudo indica que a ação foi planejada. 

“Eles pegaram um trator e, com a ajuda de uma tesoura de vergalhão, foram arrombando as portas dos diversos setores e laboratórios e roubando tudo o que viam pela frente, como aparelhos de ar condicionado, roçadeiras, motores, bujões de gás etc. Tudo era colocado no reboque do trator, que foi encontrado abandonado em frente a Furnas”, disse.

O reitor informou que vem tentando, junto ao Governo do Estado e prefeitura, uma solução para o problema da falta de segurança na UENF.  No início do ano, o campus da UENF também foi alvo de vandalismo, mas não houve roubo.


Fonte Ururau