06/11/2017 12:55:30 - Atualizado  em 06/11/2017 18:08:24

A+ A-

Sindicato aponta fraude em contratação para o Porto

  Ururau

Presidente aponta fraude no Açu

O Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Construção Civil e Mobiliário (Sticoncimo) aponta fraude em contratação de pessoal para uma empresa que irá se instalar no Porto do Açu, no município de São João da Barra. Segundo o presidente, José Carlos Eulálio, uma pessoa ligada ao Sindicato da Construção Civil de Itaboraí estaria recebendo currículos de forma ilegal na Praia do Açu.

“É uma fraude o que está acontecendo no Açu. Essa pessoa ligada ao sindicato, que para mim é um fantasma, está pegando os currículos para instalação do sindicato em São João da Barra. Acontece que já foram três tentativas indeferidas pela Justiça do Trabalho”, relatou o presidente.

De acordo com Eulálio, houve até publicação de edital convocando trabalhadores de Campos e região para assembleia, realizada no dia 24 de agosto deste ano.

“Assim que ficamos sabendo, entramos com uma ação na Justiça do Trabalho informando a ilegitimidade, e no dia da assembleia fomos até a Praia do Açu, acompanhados de um oficial de justiça. Conseguimos embargar a assembleia, onde estavam presentes pessoas trazidas de Itaboraí. Não tinham trabalhadores da nossa região”, ressaltou o presidente, esclarecendo que a base do sindicato de Itaboraí está instalada na Rua Nestor Rocha da Silva, 43.

“Não satisfeitos e sabendo que a Andrade Gutierrez vai se instalar no Porto do Açu, anunciaram, através das redes sociais, contratação de pessoal e que os trabalhadores teriam que deixar os currículos na Praia do Açu. Na sexta-feira (03/11) constatamos que mais de 70 trabalhadores deixaram currículos na base montada pelo sindicato de Itaboraí. Conversei com a direção da Prumo, que nos informou que ainda não foi liberado licenciamento ambiental para Andrade Gutierrez começar a operar no Porto do Açu, e que ficou acordado que quando isso acontecer, o Sticoncimo é quem irá apresentar os currículos dos trabalhadores de Campos e região”, afirmou.

Por meio de nota, às 17h43, a Prumo infomou que "O Porto do Açu esclarece que as informações veiculadas nas Redes Sociais sobre a abertura de vagas para a obra da termelétrica não procedem. Para participar dos processos seletivos do Porto, o candidadto pode cadastrar seu currículo na nossa página no portal do Vagas.com – www.vagas.com.br/prumologistica.
Também é possível se cadastrar na Rede de Empregabilidade, banco de dados que está disponível para todas as empresas que estão se instalando no Complexo Portuário do Açu, assim como os prestadores de serviços. O e-mail é curriculo.porto@gmail.com".

Reportagem: Ururau


Fonte Redação