08/05/2017 17:23:38 - Atualizado  em 08/05/2017 17:57:15

A+ A-

Macaé registra primeiro caso de febre amarela

  Divulgação Ascom

Ao todo, já foram registrados 12 casos da doença em seis municípios fluminenses, com três mortes

Mais um caso de febre amarela foi registrado no Estado do Rio de Janeiro. Dessa vez, o paciente o correu em Macaé e foi confirmado nesta segunda-feira (08/05) pela Subsecretaria de Vigilância em Saúde.  Ao todo, já foram registrados 12 casos da doença em seis municípios fluminenses, com três mortes.

De acordo com a Prefeitura de Macaé, a vítima, de 42 anos, moradora da localidade Cachoeiros de Macaé (limite com Casimiro de Abreu), já encontra-se curada, em casa e passa bem. Ela visitou a Cachoeira Pai João, em Casimiro, uma semana antes de apresentar os sintomas da doença.  

No dia 9 de abril, a paciente deu entrada no Hospital de Casimiro e de lá foi transferida para o Hospital Público Municipal (HPM) no mesmo dia. Já no dia 10 de abril, a paciente foi encaminhada para o Hospital São Sebastião, no Rio de Janeiro - unidade referência em tratamento da doença no estado -, de onde teve alta no dia 18 de abril.

Macaé iniciará amanhã nova estratégia de imunização na região serrana, incluindo no público-alvo os idosos. A cidade já vacinou, até o momento, cerca de 175 mil pessoas. 

Os outros casos já registrados foram em Casimiro de Abreu, onde 12 pessoas contraíram a doença e uma morreu; São Fidélis, com um caso; São Pedro da Aldeia, com um caso, sendo que o paciente contraiu a doença em viagem à zona rural de Casimiro de Abreu, Porciúncula, com um caso onde o paciente foi a óbito; e Maricá, com um caso também com óbito.

Em relação aos casos de febre amarela confirmada em macacos, o número continua o mesmo. Foram dois casos em todo o Estado, sendo um em Campos e um em São Sebastião do Alto.


Fonte Redação/Ascom