08/12/2017 06:09:46 - Atualizado  em 08/12/2017 09:54:11

A+ A-

Vídeos: Operação da Polícia Federal em Campos e região

  Ururau

Uma equipe foi até Barcelos, em São João da Barra

A Polícia Federal de Campos, com apoio da Coordenação Geral de Inteligência Previdenciária e do Ministério Público Federal (MPF), deflagrou nesta sexta-feira (08/12) a Operação Cardiopatas, de combate a corrupção de servidores do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) e fraudes previdenciárias

A ação contou com 120 policiais federais e de analistas de Inteligência Previdenciária no cumprimento de 12 mandados de prisão preventiva, três mandados de prisão temporária, 15 de busca e apreensão e 20 de condução coercitiva, nos municípios de Campos, São João da Barra, Italva e Casimiro de Abreu.

Entre os investigados estão técnicos do Seguro Social, médicos peritos, médicos particulares, agenciadores de benefícios e clientes da organização criminosa.

No curso da investigação foram comprovadas fraudes em 34 benefícios por incapacidade, entre eles auxílios doença e aposentadoria por invalidez, gerando um prejuízo apurado de pelo menos R$ 4.373.151,04 a previdência.

Os investigados responderão pelos crimes de estelionato previdenciário, corrupção passiva e ativa, peculato e violação de sigilo funcional.

O nome da operação se deve ao fato da maioria dos beneficiários cooptados pela organização criminosa terem simulado miocardiopatia dilatada ao INSS, com base em documentos médicos ideologicamente falsos.

Os vídeos abaixo mostram o momento dos policiais saindo da delegacia de Campos.

Reportagem: Ururau


Fonte Redação / Ascom