10/12/2015 16:23:32 - Atualizado  em 10/12/2015 16:48:49

A+ A-

Pessoa com deficiência será identificada em boletim de ocorrência

  Carlos Grevi

O texto seguirá para o governador Luiz Fernando Pezão, que terá 15 dias úteis para decidir pela sanção ou veto

Os registros de ocorrência feitos nas delegacias do Estado do Rio podem ter que informar quando a vítima for uma pessoa com deficiência. Este é o objetivo do projeto de Lei 195/15, da deputada Tânia Rodrigues (PDT), que a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou nesta quarta-feira (09/12), em segunda discussão.

O objetivo é ajudar a criar estatísticas que mostrem os índices de violência contra pessoas com deficiência. "No Brasil, não existem dados sobre violência contra a pessoa com deficiência", explica Tânia. “Essas pessoas são maltratadas, abandonadas, sofrem violência psicológica, e, muitas vezes, dependem do agressor. Relatar a ocorrência da forma correta pode salvar vidas”. 

O texto seguirá para o governador Luiz Fernando Pezão, que terá 15 dias úteis para decidir pela sanção ou veto.

 


Fonte Ascom