02/08/2017 11:38:02 - Atualizado  em 02/08/2017 11:56:37

A+ A-

Polícia investiga possível tentativa de resgate de menores

  Ururau

A informação é de que o grupo teria feito gestos característicos de facções criminosas

 A Polícia Civil está investigando uma possível tentativa de resgate de menores, ocorrida na última segunda-feira (31/07), quando seis menores assistidos pelo Centro de Socioeducação Professora Marlene Henrique Alves (Cense), unidade do Degase em Itereré, na RJ-158 (Campos-São Fidélis), eram conduzidos para o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), localizado na Rua José do Patrocínio, centro de Campos. 

De acordo com o Registro de Ocorrência (RO), na 134ª Delegacia de Polícia, por volta das 14h, agentes conduziam seis adolescentes para cumprimento de medidas socioeducativas e se depararam com um grupo de adolescentes próximo ao local. 

Ainda no RO a informação é de que o grupo teria feito gestos característicos de facções criminosas e com frases: “vai morrer; aqui fora o bagulho é diferente; está na hora de meter o pé; é hora de piar”. 

Segundo o registro, diante das ameaças e da impossibilidade de identificar os autores, os agentes resolveram abortar o atendimento.

Uma fonte revelou ao Site Ururau que os agentes continuam fazendo a condução de menores, diariamente, sem algum tipo de segurança. 

Em nota a assessoria de imprensa do Departamento Geral de Ações Socioeducativas ( Degase ) esclarece que apenas cabe ao órgão cumprir a legislação em vigor.

 


Fonte Ururau