16/11/2017 16:19:33 - Atualizado  em 16/11/2017 16:28:57

A+ A-

Abaixo-assinado em Defesa da Uenf e da Aprovação da PEC/47

  Ururau/Arquivo

Criada em 1993, a Uenf está há dois anos e quatro meses sem receber nenhuma verba do Governo do Estado

Com o objetivo de tentar reverter a dramática situação em que se encontra a Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf) Darcy Ribeiro, foi lançado o "Abaixo Assinado em Defesa da Universidade Estadual do Norte Fluminense e Aprovação da PEC 47/2017".

A PEC 47 é uma proposta de emenda à Constituição Estadual que prevê transferências mensais, em duodécimos, às Universidades Estaduais (Uenf, Uerj e Uezo).

Criada em 1993, a Uenf está há dois anos e quatro meses sem receber nenhuma verba do Governo do Estado. Entre inúmeros outros problemas advindos da falta de recursos, a instituição não conta com empresa de vigilância desde outubro de 2016, fato que vem contribuindo para a sucessiva ocorrência de roubos e atos de vandalismo.

Além disso, o corpo funcional da Universidade tem sido sistematicamente desrespeitado em seu direito fundamental de receber os salários em dia. Desde o final de 2016, o Governo do Estado não paga regularmente os salários dos seus servidores, o que tem prejudicado seriamente a sua sobrevivência, bem como a manutenção das atividades básicas diárias da Universidade. Isso sem falar nos mais de cinco mil alunos prejudicados, em virtude da greve que engloba os docentes e técnico-administrativos.

A Reitoria pede a toda a comunidade que participe deste abaixo-assinado, que servirá como forma de pressão junto aos deputados, para que a PEC 47 seja votada em regime de urgência e possa entrar em vigor já a partir do início do próximo ano.
Esta é a única esperança palpável de que, a partir de 2018, a Uenf possa retomar a sua normalidade e, desta forma, continuar a cumprir suas ações de ensino, pesquisa e extensão com a excelência demonstrada em seus 24 anos de existência.

Para participar, clique aqui.

Reportagem: Redação/Ascom


Fonte