• [16/05/2017 16:06] Temer assina MP que prevê parcelamento de débitos previdenciários

    O presidente Michel Temer assinou nesta terça-feira (16/05), em encontro com prefeitos de todo o país, a medida provisória que prevê o parcelamento de débitos relativos a contribuições previdenciários dos estados, do Distrito Federal e dos municípios. De acordo com a MP, os débitos dos estados serão parcelados em 200 meses, com 25% a menos de encargos e multas, além da redução de 80% dos juros

  • [29/03/2017 19:33] Servidores do Estado poderão parcelar IPVA em 10 vezes

    Servidores ativos, inativos e pensionistas do estado do Rio de Janeiro poderão ter o direito de parcelar, em até dez vezes, o Imposto sobre a Propriedade de Veículo Automotor (IPVA). É o que determina o projeto de lei 2.329/17, dos deputados Zito (PP) e Wanderson Nogueira (PSol), que a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou nesta terça-feira (28/03), em segunda discussão. A proposta seguirá para o governador Luiz Fernando Pezão, que terá 15 dias para decidir pela sanção ou veto.

  • [29/03/2017 14:48] MEC repassa parcela do Fundeb a estados e municípios

    O Ministério da Educação (MEC) distribui a partir desta quarta-feira (29/03), R$ 918,97 milhões referentes à parcela de março da complementação ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb)

  • [09/03/2017 11:02] Servidores poderão parcelar IPVA em até 10 vezes

    Os servidores ativos, inativos e pensionistas do estado do Rio poderão ter o direito de parcelar, em até dez vezes, o Imposto sobre a Propriedade de Veículo Automotor (IPVA). É o que determina o projeto de lei 2.329/17, do deputado Wanderson Nogueira (PSol), que a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou nesta quarta-feira (08/03), em primeira discussão. O texto ainda será votado pela Casa em segunda discussão.

  • [22/02/2017 10:01] Servidores: salário de janeiro será parcelado em seis vezes

    O Governo do Rio de Janeiro disse que começará a pagar nesta quarta-feira (22/02) os salários dos servidores do estado referente ao mês de janeiro. O pagamento do primeiro mês do ano de 2017 será feito em seis parcelas.

  • [06/02/2017 11:43] Estado paga aos servidores quarta parcela de dezembro

    O governo do estado paga nesta segunda-feira (06/02), a quarta parcela dos salários atrasados de dezembro. Os servidores que ainda não tiveram seus vencimentos pagos integralmente vão receber R$2.290. Com isso, segundo a Secretaria Estadual de Fazenda e Planejamento, 95,7% da folha líquida, que é de R$ 2,1 bilhões, serão quitados. A quarta parcela deixa 94,6% dos servidores com salários pagos.

  • [26/01/2017 16:25] Governo do Rio divulga calendário de pagamento de dezembro

    A Secretaria de Fazenda do estado do Rio de Janeiro depositou nesta quinta-feira (26/01) a primeira parcela do pagamento dos servidores públicos que não receberam os vencimentos integrais de dezembro de 2016. Cada servidor deverá receber R$ 804. Com o pagamento, o governo quitou 80,1% da folha líquida, que é de R$ 2,1 bilhões

  • [17/01/2017 16:55] Parcelas do seguro-desemprego com reajuste já estão disponíveis para saque

    As parcelas do seguro-desemprego com valores reajustados estão disponíveis para saque a partir desta terça-feira (17/01). O Ministério dol Trabalho liberou hoje o lote de pagamento do reajuste com base no salário mínimo e na variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC)

  • [11/01/2017 11:41] Governo do Rio paga terceira parcela de salários de novembro

    O governo fluminense deposita nesta quarta-feira (11/01) a terceira parcela do salário dos servidores públicos que ainda não receberam seus vencimentos integrais referentes a novembro de 2016. O valor desta parcela será de R$ 320, acima dos R$ 221 previstos inicialmente.

  • [05/01/2017 09:01] Servidores do Estado do Rio recebem primeira parcela

    O Supremo Tribunal Federal (STF) atendeu ao pedido do governo fluminense e impediu que a União bloqueasse mais R$ 181 milhões das contas estaduais. A decisão, da presidente da corte, ministra Cármen Lúcia, estende o efeito de uma liminar concedida na última segunda-feira (02/01), que impedia o bloqueio de R$ 192 milhões.

  •